o humor e as notícias mais sacanas da web
Sábado, 04 de Junho de 2011

Eis alguns fragmentos de carta escrita por uma professora à revista Veja. Não concordo com TUDO o que a docente afirma, mas sou da opinião de que muito do que ela disse deve ser lido e refletido por quem tenha alguma capacidade de raciocínio.

...fiquei indignada com a reportagem da jornalista Roberta de Abreu Lima “Aula Cronometrada”. É com grande pesar que vejo quão distante estão seus argumentos sobre as causas do mau desempenho escolar com as VERDADEIRAS razões que geram este panorama desalentador.

...Há necessidade de que entrem numa sala de aula e observem a realidade brasileira todos os que pensam que “os professores é que são incapazes de atrair a atenção de alunos repletos de estímulos e inseridos na era digital”. Estímulos de quê? De passar o dia na rua, não fazer as tarefas, ficar em frente ao computador até altas horas da noite (quando o têm) brincando no Orkut, ou envolvidos nas drogas?! E, mesmo assim, nada está bom. Todos devem ter vocação para Madre Teresa de Calcutá, porque por mais que se esforcem em ministrar boas aulas, ainda ouvem alunos chamá-los de “vaca”,”puta”, “gordos “, “velhos”... Temos notícias, dia-a-dia, até de agressões a professores por alunos.

O que tínhamos de estímulos há uns anos atrás? Responsabilidade, esperança, alegria. E, nas aulas, havia respeito. Tínhamos aulas “chatas” só na lousa e sabíamos ler, escrever e fazer contas com fluência. Se não soubéssemos não iríamos para a 5ª. Série. Precisávamos passar pelo terrível, mas eficiente, exame de admissão. Chega de passar alunos que não merecem! Assim, nunca vão saber porque devem estudar e comportar-se na sala de aula. Vão passando série após série, e não sabem escrever nem fazer contas simples. Isso é um crime!

Hoje, professores “incapazes” levam filmes, trabalham com tecnologia, levam alunos à biblioteca e a outros locais educativos e, algumas escolas onde a renda dos pais comporta, até a passeios "instrutivos", como ir ao Beto Carrero.

Por que os alunos do Japão estudam? Os professores são mais capacitados? Talvez, mas o mais importante é porque há disciplina. E é isso que precisamos. Precisamos de carteiras escolares, livros, materiais e de lousas, sim, em melhores condições e em maior quantidade. E precisamos também, urgentemente, de educação, para que tudo que for fornecido ao aluno não seja destruído por ele mesmo.

Está na hora dos professores se rebelarem contra as acusações que lhes são impostas. Problemas da sociedade deverão ser resolvidos pela sociedade e não somente pela escola.

Vanessa Storrer - professora da rede Municipal de Curitiba!

publicado por Assi Sales às 06:10

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...