o humor e as notícias mais sacanas da web
Quinta-feira, 03 de Maio de 2012

A minha velha avó recebe uma carta da neta que foi estudar e trabalhar na capital. Tirando os olhos da carta e se voltando para o marido, ela conta:

- A Mariquinha diz aqui que arranjou um bom emprego, numa casa de... de... Bem, parece que é uma casa de mensagens.

- Pois é - comenta o vovô - na capital é assim. As pessoas não têm tempo nem de falar direito com as outras e tem até casa especializada em dar recado. E ela conta quanto estão pagando pra ela?

- É isso mesmo que eu não tô entendendo direito, Tião. Ela diz aqui que se ela usar a mão para a mensagem, ganha cem reais. Mas ganha duzentos se usar a boca!

publicado por Assi Sales às 03:00

Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2011

(Creio que soa melhor que prostituta, não acha?)
publicado por Assi Sales às 03:03

Quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

 

O ceguinho tava há tempos sem dar uma e vivia pedindo: Arruma uma mulher pro ceguinho, arruma!

Um amigo, já  de saco cheio, resolve dar uma força pro ceguinho e promete arrumar  uma mulher para ele.

O ceguinho vai pra casa e fica e esperando. Logo batem na porta.
- Quem  é?
- É a Sueli. Vim resolver seu problema.
O ceguinho, todo  entusiasmado, abre a porta. Quando a mulher senta-se na  cama, ele diz:
- Como é que você está vestida, hein, hein, hein?
- Botinha de couro,  vestido justo, blusinha de seda e nada por baixo.
- Ahhh - suspira o ceguinho - é hoje! Tira a botinha, tira.
-  Como é que você está agora?
- Descalça, deitada na cama!
- Ai  meu Deus. É hoje! Tira a blusinha, tira... Como você está agora?
- De seios nus, só de sainha.
- Tira a saia. Tira a saia, pelo  amor de Deus! E agora? E agora?
- Estou nua, deitada  na cama te esperando, meu garanhão.
- Ai que é agora, meu Deus.  Sueli...você já fez 69?
- Ainda não. Faço daqui a dois  meses...

publicado por Assi Sales às 13:00

Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

Depois de encher as estribeiras de duas mulheres pagando-lhes quinquilharias em um shopping em troca de sexo, insatisfeito com o “troco”, John Kittila ligou para o PROCON a polícia e disse que tinha sido roubado, pelas mulheres e pelo shopping.

 

- Os preços estão de deixar qualquer troço duro! – Bufafa ele, indignado. A polícia, macaca velha, desconfiou que a história de Kittila estava mal contada.

 

Pego pelos bagos, ele admitiu que havia inventado tudo , e, chorando feito bezerro desmamado, contou que autorizou as compras, mas as mulheres mal agradecidas lhe fizeram apenas uma chupetinha. Ele disse que ficou literalmente duro, mas elas não quiseram, nem a pau, manter relações sexuais com ele, que ficara chupando o dedo. Por isso, juntando a fome e a vontade de comer, fez a denúncia falsa.


Taí no que dá acreditar em propaganda de casas e de mulheres comerciais.

publicado por Assi Sales às 10:54
música: Black Sabbath\Psycho Man.

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...