o humor e as notícias mais sacanas da web
Quarta-feira, 28 de Março de 2012

Havana (Cuba) - O pastor Braulio Tito e mais de 60 seguidores debilóides se trancaram em um templo à espera do tsunami que — acreditam — vai destruir o mundo nos próximos dias. Eles crêem que Noé vai salvá-los e venderam tudo o que tinham para pagarem o  ingresso à arca.

 

Autoridades tentam negociar a liberação dos fiéis trouxas, mas William, o filho da puta do pastor, disse que não há nada para negociar. Os evangélicos passam o tempo todo orando e se alimentando de pizza, que é no que essas histórinhas terminam dando.

 

O presidente da Assembléia de Deus cubana cubalançante, tirando o seu da reta, disse que Braulio foi afastado de suas atividades por “razões internas” e que a sua expulsão já tinha sido decidida antes dele trancar o cu os fiéis. Pelo duplo sentido de tal declaração, não há como não fazer conjecturas sobre o bráulio do pastor.

 

 

O número de evangélicos babacas em Cuba cresceu de 70 mil na década de 90 para 800 mil atualmente. Segundo intelectuais, a prolongada crise econômica do país estaria levando as pessoas bestas a recorrer aos milagres prometidos pelos pastoreslupinos.

 

Disse o Verbo

 

Pára de ficar rezando e batendo o peito!

 

Pára de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa.

 

Não me culpes por tudo o que te fizeram crer.

 

Pára de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo.

 

Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei; essas são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti.

 

Pára de louvar-me! Me aborrece que me louvem. Me cansa que agradeçam.

 

Pára de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim.

 

Para que tantas explicações? Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro… aí é que estou.


Fragmentos de texto atribuído a Baruch Spinoza (1632-1677)

 

publicado por Assi Sales às 05:30

Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

Está bombando no Youtoba Youtube a pregação de uma missionária que fundou uma igreja gay em São Paulo. Nele, vê-se a pastora levar a platéia ao delírio com sua arenga sarcástica, aproveitando histórias da época em que congregava na Assembléia de Deus para questionar doutrinas estúpidas, satirizando usos e costumes bizarros, como, por exemplo, a proibição que uma delas faz ao uso de sabonete pelos seus congregados .

 

No discurso, a pastora afirma não estar contra as igrejas, mas ao “sistema opressor” imposto por doutrinas sem fundamento.

- Eu me lembro que a maioria das igrejas que eu entrava tinha um versículo cu de fora a fora, em cuidado de ti e da doutrina (…) a maioria das pessoas vive debaixo desse jugo - detona ela.


O cretino que postou o vídeo pensando prejudicar a pastora diz que ela caga cospe no prato que comeu (por já ter "pertencido" à Assembléia), e como não tem raciocínio próprio, dando-se ares de profeta do apocalipse, cita teatralmente um versículo bíblico: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” [2 TM 4:3-4].


Sui Generis: Nesse caso específico, será que o “comichão” do versículo aí é mesmo nos ouvidos?

 

publicado por Assi Sales às 09:50

Segunda-feira, 16 de Maio de 2011

Durante uma audiência na Câmara dos Deputados, o pastor Silas Malafaia, membro mala da Assembleia de Deus, manifestou-se contra a união gay e a adoção por casais idem. Tais questões foram retiradas do estatuto em análise pela CCJ (Comissão de Corrupção à Justiça).
"Não é qualquer merda que deve ser enfiada na legislação, como a liberdade religiosa e a viadagem. Vamos atochar na Lei tudo o que se imaginar: Pastor que trepa com as ovelhas, quem é chegado a comer presunto cadáver?... é comportamento, vamos botar na lei!" - disse o mala.

Enquanto isso...

Em MG, um pastor foi preso após denúncias de que estaria promovendo surubas entre os fiéis da ‘Igreja do Reavivamento Divino’.

Giovana e Letícia, duas inocentes testemunhas de respectivos 27 e 26 anos, disseram que o pastor afirmava que para entrar em conexão direta com Deus precisariam tirar as roupas e encher o rabo de Cabernet Sauvignon (o sangue de Cristo). Melissa, uma ingênua de apenas 32 anos, relata que o pastor dizia que quem quer ser amado precisa amar. Ela confessou ter participado de  sessões de sexo "deífico" pervertido com vários irmãos ao mesmo tempo.

O pastor se defende: "A Constituição Federal Brasileira garante liberdade de culto às religiões, e a ‘Igreja do Reavivamento Divino’ crê na libertação da alma por meio de orgasmos".

Com a prisão de seu líder cáften, a Igreja deve encerrar suas atividades. O pastor pede orações e, principalmente, ajudas financeiras para custear subornos sua defesa jurídica, já que milagres estão fora de cogitação.

E tem mais...

Em RO, um homem separou-se da esposa para ‘casar-se’ com o cunhado, conhecido como um pastor íntegro e milagreiro que se apresentava como ex-homossexual, creditando ao espírito santo a reorientação de seu desejo sexual, nas muitas vezes que debateu ‘Religião e Sexualidade’ na Rede TV.

A mulher crê que seu casamento acabou porque o marido era obcecado por sexo anal e, confidenciando isso ao irmão, este resolveu fazer essa caridade ao marido.

Marido ovelha e  pastor lobo-mau estão pedindo na justiça a guarda definitiva dos filhos do ex-casal, alegando que “é melhor filhos criados pelo pai e pelo tio do que por uma mãe solteira”.

E agora, Malafaia?
publicado por Assi Sales às 00:20

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...