o humor e as notícias mais sacanas da web
Quarta-feira, 11 de Julho de 2012

Faltando dois dias pro casamento, o noivo carola vai procurar o pároco:
- Padre, eu vim aqui propor um negócio. Eu lhe trouxe mil reais, mas em troca eu quero que o senhor corte algumas coisinhas do discurso de casamento: “amar, honrar, ser fiel etc”. É só não falar essa parte e pronto!
Sem delongas, o venial reverendo aceita o suborno e o noivo se vai, feliz da vida. Chega  a hora do casamento. Na celebração, o padre olha bem para o noivo e diz:
- Promete viver apenas para ela, obedecer todas as suas ordens, levar café na cama todos os dias e jurar perante Deus que nunca terá olhos para nenhuma outra mulher?
O noivo, completamente sem graça e sem saída, acaba concordando. Após a cerimônia, puto da vida, chama o padre e encosta-o à parede:
- Porra, seu escroto, eu pensei que a gente tinha feito um acordo!
O padre, pientíssimo, lhe devolve os mil reais e diz:
- Sinto muito, meu filho. Mas ela triplicou sua oferta!

publicado por Assi Sales às 05:30

Sexta-feira, 08 de Junho de 2012

Domingos de Ramos de Oliveira, o santo pároco de Cristalândia (Piauí), está sendo acusado de abuso sexual contra uma menina de 13 anos que vive às soltas na cidade. 


 O caso foi denunciado ao Conselho Tutelar do município e a “virgem santa” foi encaminhada para ser examinada no açougue, já que o município não dispõe nem de hospital  nem de delegado e muito menos de veterinário.


A mãe da garota relatou no Conselho Tutelar que encontrou a filha chorando em casa e acabou descobrindo que há muito tempo o padre vinha tentando “batizar” a moleca, que se lamentou à mãe que na última tentativa a penetração só não teria acontecido porque o “crucifixo madeiro” do vigário é enoooorme.


O Conselho Tutelar já conversou com amigas da vítima e elas disseram, envaidecidas, que todas as vezes que se exibem diante da casa do padre são chamadas de ‘lindas e gostosas’.

A reportagem não conseguiu localizar o vigário para que ele apresente a sua versão do conto.

A frouxa legislação brasileira vigente considera crime de estupro todo ato libidinoso tentado ou consumado, exceto se cometido por menores. No caso, pelo visto, configura-se o artigo 217-A do CPB, estupro de vulnerável (o padre).

publicado por Assi Sales às 05:30

Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011

Sob a suspeita de ser baitola, o padreco espanhol Andreas Torres foi afastado da paróquia de Fudenlabrada (cidade cujo nome sugere que alguém fudendo lá, brada) e pediu a seus superiores que medissem o seu forevis para provar que é cabaço e convencê-los de que não é gay sapateia batendo castanholas.  


As intrigas começaram depois que foi publicada na Internet uma foto dele pelado e atracado com Yannick Delgado, um seminarista cubano que de delgado tem somente o nome. Ela teria sido tirada no ano passado no Santuário Serralho de Fátima (Portugal). Andreas jura por São Sebastião (patrono das bibas), que isso é intriga da oposição. “Este rapaz e eu somos apenas bons amigos. Foi o único dia em que eu estive nu com ele. Dividimos o mesmo quarto no hotel e o calor na bacorinha nos forçou a ficar sem roupa. Resolvemos tirar uma foto para a posteridade e isso deu origem ao bafafá. "A verdade é que Deus me fez macho pra cacete, se é que me entendem!".


A diocese exigiu que o padreco fizesse o teste da goma e o encaminhou a um veterinário. “O psiquiatra me perguntou de forma humilhante se os meus catequistas tinham me enrabado quando era coroinha. Quando expliquei que sempre vivi na Igreja, ele teve certeza absoluta de que eu era biba. Foi então que tive a visão de Deus a me mandar medir meu toba”. 


O padreco afirmou gostar mais do método da régua que do teste da goma, porque se trata de uma técnica que junta o útil ao agradável.


Andreas ainda responde processo por manter um blog armário de conteúdo homofóbico e misógeno, onde mete o malho na concorrência.

 

 

A foto "reveladora"
publicado por Assi Sales às 10:58

Domingo, 20 de Novembro de 2011

O padre Dé foi condenado a 60 anos e oito meses de prisão por estupro e atentado violento ao pudor. O caso corre em segredo de Justiça.


Deus A defesa do padre, recorrendo da decisão, deferiu um pedido de habeas corpus para que o pervertido aguarde o julgamento do recurso em liberdade e possa comer mais criancinhas.


Em abril do ano passado, o Ministério Público denunciou o religioso cover de Jesus por aplicar o golpe do vinde a mim as criancinhas em oito coroinhas que o ajudavam na paróquia São Vicente de Paulo, no Jardim Tropical.


Em depoimentos à polícia, os di menor disseram que os “sacramentos” aconteceram na casa paroquial e que a santa o padre os beijava na boca, tocava seus bilaus e vice-versa. Na ocasião, o padre Dé disse à imprensa que era inocente como um anjo e que sequer sabia o que era sexo, mas seu "modo afetivo afetado" pode ter gerado tesão nos adolescentes frustrados que o acusaram.

publicado por Assi Sales às 05:00

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...