o humor e as notícias mais sacanas da web
Domingo, 10 de Junho de 2012

10 de junho é Dia da Artilharia


Tá com peninha das vítimas do ataque terrorista ao World Trade Center? Faça então um minuto de silêncio em homenagem aos cerca de 10.000 americanos, a maioria civis inocentes, mortos covardemente.

 

Aproveite e fique mais 13 minutos silencioso em homenagem aos 13.000 civis iraquianos mortos em 1991 por ordem do Bush Pai.

 

Emende mais 20 minutos pelos 200.000 iranianos mortos pelos iraquianos com armas e dinheiro fornecidos a Sadam Hussein pelos mesmos americanos que mais tarde virariam sua artilharia contra ele.

 

Mais 15 minutos pelos 150.000 afegãos mortos pelo Talibã, também com armas e dinheiro americano.

 

Mais 10 minutos por 1.000.000 de japoneses mortos em Hiroshima e Nagazaki, também por ação direta da águia.

 

Você já está em silêncio uma hora (um minuto pelos americanos e 59 por suas vítimas). Se você ainda está penalizado, fique mais 1 hora em silêncio pelos mortos na guerra do Vietnã, da qual os americanos não gostam de ser lembrados.

 

Desejemos que o sensacionalismo dos "ataques à Nave Mãe" não apague as mortes miseráveis causadas diariamente pelos americanos nos países atingidos por sua política expansionista e devastadora. Afinal, já que estes crimes sociais não têm "efeitos cinematográficos", ficam em segundo plano nos noticiários mundiais.

publicado por Assi Sales às 08:00

Quinta-feira, 10 de Maio de 2012

10 de maio · Dia da Cavalaria

 

O sargento ficou nos cascos quando nove pracinhas que tinham saído de licença no final de semana só começaram a chegar lá pelas seis da tarde da segunda-feira.
-Muito bem. Vamos ver que história o senhor vai me contar – Vocifera ao primeiro.
-É o seguinte, sargento - explica o rapaz - é que eu arrumei um encontro e acabei perdendo o ônibus. Como não queria chegar atrasado, entrei em um táxi e estava vindo pra cá, mas o táxi quebrou no meio do caminho. Então eu fui até uma fazenda e convenci o fazendeiro a me vender um cavalo. Qual não foi a minha surpresa quando o cavalo caiu morto no meio da estrada! Aí percorri os últimos 16 quilômetros a pé...

Não muito satisfeito, o sargento teve que engolir a história. E foram chegando os outros soldados, todos contando a mesma história: arrumaram um encontro, perderam o ônibus, tomaram um táxi...

Lá pelas tantas, quando chega o último soldado, o sargento já está puto da vida com tudo aquilo, mas ainda assim resolveu escutar o que o pracinha tinha pra dizer.
-Sargento, me desculpe - começou o rapaz - eu me meti em uma boa esse final de semana, e acabei perdendo o ônibus. Pra não chegar atrasado, eu tomei um táxi...
O sargento, já farto de ouvir a mesma historia, interrompe o soldado, babando de ódio:
-Não vai me dizer que o táxi quebrou no meio do caminho?!
-Quebrou não, mas tinha tanto cavalo morto na estrada e estava dificílimo de passar...

publicado por Assi Sales às 08:33


Militares chineses fizeram cara e bocas ao levarem tronco durante treinamento de guerra em uma base na província de Jiangsu, na China.


Sui Generis: Bem que dizem que ‘no amor e na guerra vale tudo’!

publicado por Assi Sales às 03:00

Terça-feira, 24 de Abril de 2012

Dois bombeiros de Minnesota (EUA) iam a uma festa GLBTS quando, em plena estrada, tiveram que apagar o fogo. De vestidos coloridos, os dois foram flagrados por internautas desocupados que perambulavam à cata de tolices para postar no YouToba (clique para ver).


Segundo a CNN, os dois bombeiros iam a uma festa de arrecadação de fundos, quando, inesperadamente, viram um carro no acostamento da estrada e, como onde há fumaça há chamas, não tiveram dúvida. Empunharam as mangueiras, correram para o carro e apagaram o fogo, evitando que este se espalhasse por outros veículos também parados no acostamento e virasse um baita rendez-vous.


O incidente não deixou sequelas. Entre mortos e feridos, salvaram-se todos.

publicado por Assi Sales às 03:00

Domingo, 25 de Março de 2012

A invasão do Iraque foi marcada por notícias de torturas infligidas pelos “bravos” soldados norte-americanos a prisioneiros iraquianos de Abu Ghraib, como obrigá-los a posar nus e a práticas sexuais em grupo. Há registros de norte-americanos a arrastar iraquianos pelo chão, a urinar nos presos, a sodomizá-los com bastões e outras práticas perversas.


Hashem Muhsen, um dos presos bundões da pirâmide humana que ilustra este post contou como foi obrigado e despir-se juntamente com outros prisioneiros, a rastejar nu pelo chão e a satisfazer um  monte de tarados americanos. Alguns dos iraquianos, depois de despidos, foram forçados a cobrir o corpo e a cara com merda.


Os acontecimentos na prisão de Abu Ghraib foram os mais sórdidos da invasão norte-americana ao “pacífico” Iraque.

 

Pra quem gosta de se deleitar com a miséria alheia, veja todas as fotos clicando na imagem deste post. 

publicado por Assi Sales às 03:00

Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2012

Não depois que em Sattahip (Tailândia), durante um treinamento no meio do mato, ao qual foram submetidos cerca de treze mil soldados de sete países (Coréia do Sul, Indonésia, Tailândia, EUA, Cingapura, Japão e Malásia), um fuzileiro caiu de boca  e sugou a cobra que o comandante do exercício de sobrevivência interracial, sem dó nem piedade, atochou-lhe.


Sui Generis: Para ser militar é necessário ser muito macho mesmo!

publicado por Assi Sales às 05:30

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...