o humor e as notícias mais sacanas da web
Sábado, 04 de Junho de 2011

Foram impressos cerca de meio milhão de exemplares dessa merda, com o nosso dinheiro, mostrando ao aluno que não há necessidade de se seguir a norma culta para a regra da concordância. O livro da editora Global foi aprovado pelo MEC por meio do Programa Nacional do Livro Didático.Os autores sabotadores da língua portuguesa usam a frase “os livro ilustrado mais interessante estão emprestado” para exemplificar que, na variedade popular, só “o fato de haver a palavra os já indica que se trata de mais de um livro”.




Ao defender o uso da língua popular, os "sábios" autores afirmam que as regras da norma culta não levam em consideração a chamada língua viva. E mais: segundo eles, o estudante pode correr o risco “de ser vítima de preconceito linguístico” caso não use a norma culta.

Em entrevista ao iG, uma das autoras dessa estupenda cagada declarou que a intenção era deixar o aluno burro à vontade por conhecer apenas a linguagem popular e não ensinar errado.

Sacanagem! Se o próprio Ministério da Educação faz merda atrás de merda e ainda fica discutindo em todos meios de comunicação que tudo está certo, o que será deste país de jegues!
publicado por Assi Sales às 07:50

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...