o humor e as notícias mais sacanas da web
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

 

Um bocado de babacas, na sua grande maioria homens hipócritas e demagogos, vai às mídias vangloriar o aumento do número de mulheres na política e em cargos de chefia, como se isso fora a salvação do Mundo. E o pior é que tem um monte de abestados para acreditar e aplaudir a essa “ilusão” estúpida.


Gente, desde quando o fato de uma criatura ser do gênero feminino lhe garante lisura? A História está repleta de provas em contrário: Eva, Pandora, Dalila, Salomé, Charlotte Corday... O que diferencia o caráter do homem do da mulher é que esta, ao invés da força, usa de dissimulação e de insídia (e com que argúcia!). Ser fêmea não é ser idônea! O que existe de putas (As mais antigas profissionais do Mundo. Que são “trabalhadoras” não há a menor dúvida! Mas, isso é edificante?), ladras, assassinas, traficantes, drogadas, adúlteras, pervertidas, taradas e o caralho a quatro não está no gibi! Nem mesmo a maternidade as santifica, pois os noticiários estão entupidos de casos de mulheres que abandonam e até lançam em lixões e privadas os seus recém-nascidos. São essas daí que vão botar ordem no Mundo? No meu parecer, ou vai se trocar seis por meia dúzia ou agora mesmo é que o Mundo vai ficar fodido!

Hipócrita: Criatura que usa de impostura, fingimento, simulação, falsidade.

Demagogo: Político inescrupuloso e hábil que se vale das paixões populares para fins menos lícitos.

============================================================


A vida como ela é

A mulher entra toda excitada no escritório do advogado. Sem mesmo o cumprimentar, ela pergunta:
- É verdade que se eu me divorciar, eu fico com a metade dos bens de meu marido?
- Em princípio, sim - responde o advogado – podemos conseguir. Por quê? A senhora está pensando em se separar?
- Ainda não, - diz a mulher - ainda preciso arranjar um marido.

publicado por Assi Sales às 05:00

Quarta-feira, 04 de Maio de 2011

Existem muitas espécies de radiouvintes. De qual delas é você?

Versáteis: Ouvem as emissoras no carro, mp3 ou celular. Em casa, não abre mão dos podcasts e arquivos das rádios.

Multimidia: Utilizam rádio tradicional, TV e Internet. Dependendo do usuário, mantém um ou mais aparelhos ligados ao mesmo tempo.

Participativos: Interagem com tudo que é estação radiofônica. Em um mesmo dia, são capazes de participar de cinco ou mais programas tolos.

Informados: Porque analfabetos e/ou preguiçosos e/ou miseráveis, ouvem assiduamente os locutores lerem as notícias dos jornais. Isso ocorre principalmente em localidadezinhas subdesenvolvidas iguais a em que eu moro.

Desportistas: Fãs de futebol gostam de acompanhar, ao pé do rádio ou num radinho de pilha colado ao pé do ouvido, cada detalhe de toda e qualquer pelada. Interessam-se também pelos depoimentos estúpidos dos jogadores e pela análise dos comentaristas de meia pataca.

Fãs de música: Passam o dia todo com o rádio ligado no volume máximo, mudando de uma rádio para outra como se todas não tocassem as mesmas merdas musicais. E os vizinhos que se danem! 

Saudosistas: Ouvem as chamadas eufemisticamente de “rádios de flash back”, mas que na verdade não têm é competência para adquirir nem CDs nem equipamentos para reproduzir os que pagam jabá e ainda usam aquelas bolachas pretas de vinil.
publicado por Assi Sales às 02:16

Domingo, 17 de Abril de 2011

Pobres Leitores(as), estas fotografias do  responsável pelo masacre de 12 jovens na escola em Realengo espalhadas a torto e a direita pela Polícia do RJ, deixam  claríssimo que o astro da vez planejou, antecipada e detalhadamente, o espetáculo tantas vezes já encenado em tantos outros países, mas que, mesmo assim, todas as mídias sensacionalistas insistem em dar ênfase, transformando o facínora em celebridade maior que as dos estúpidos reality shows. Vejam quanto "charme":

publicado por Assi Sales às 03:02

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...