o humor e as notícias mais sacanas da web
Sexta-feira, 27 de Julho de 2012

Uma empresa de fundo (de quintal) criou um dispositivo chamado ‘Flatulence Deodorizer’, que funciona como um filtro que elimina o fedor quando a pessoa peida.

 

O produto vem com dez filtros e é vendido na internet por um site bundão, pela “módica” quantia de US$ 29,95 (cerca de R$ 60), precinho que vai feder no orçamento de muito cu frouxo.


O filtro é descartável e extremamente fino, não suprindo a carência de quem costuma usar Bundex. Ele precisa ser colocado sobre a calcinha ou cueca, mas, sob encomenda, a empresa fabrica filtros tipo ‘Tampax’. Se VOCÊ preferir...

publicado por Assi Sales às 05:30

Sábado, 21 de Julho de 2012

Nova York - Um casal de beatos inventou uma sanduicheira elétrica que “imprime” no pão uma imagem estilizada de Jesus. A grelha tem o desenho esculpido no metal e, embora não opere o milagre da multiplicação dos pães, pelo calor, que torra as linhas, deixa neles o retrato do JC tostadinho e crocante.


Batizada de "Grilled Cheesus" (Que pode ser interpretado como “Jesus grelhado com queijo”), a sanduicheira é vendida pela igreja por módicos R$ 80,00. Parte do dinheiro, segundo o Papa, é repassada para instituições que lutam se locupletam com a fome no mundo, mas a parte do leão fica mesmo é com o Vaticano.

publicado por Assi Sales às 08:00

Sábado, 07 de Janeiro de 2012

Muito em breve o Brasil terá a sua primeira fábrica de moscas. O anúncio foi feito por um biólogo cientista louco durante a 53ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência Tupiniquim. O Seth Brundie do pobres revelou que a fábrica produzirá entre 50 e 60 milhões de moscas macho chauvinistas por semana.

 

Os insetos serão usados no combate à insaciabilidade sexual da mosca do Nordeste brasileiro. Os machos produzidos no Brasil serão borrifados com perfume da Avon e soltos para que cruzem com fêmeas. Dessa forma, as fêmeas ficarão cheias de nojo dos machos e só cruzarão com moscas lésbicas, o que impedirá a reprodução.

publicado por Assi Sales às 03:00

Segunda-feira, 02 de Janeiro de 2012

 

Segundo o site Popular Science, alunos da universidade de Cornell(EUA) tiveram a “brilhante” ideia de criar o equipamento durante uma blitz rodoviária , ao serem submetidos a teste num bafômetro que fedia pra chuchu. 

 

 Na confecção do medidor de peido, os alunos cheira-cus usaram um termômetro e um microfone descomunais ligados a um software que, enfiado in loco, detecta e classifica a bufa e quem a soltou. A identificação do cuzão é baseada em fedor, quentura e fragor do pum.

 

De acordo com os criadores da máquina, quanto mais quente o peido, mais rápido o bodum se espalha no vento. Eles garantem que a engenhoca serve para identificar atividades anais e bucais extracurriculares.

 

Protótipo do invento

 

Veterinários já demonstraram interesse no invento. "Você pode testar a saúde dos veados pela qualidade de seus puns. Fragrância e sonoridade podem dizer muito sobre suas atividades sexuais", afirmou um expert.

 

publicado por Assi Sales às 03:10

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...