o humor e as notícias mais sacanas da web
Sábado, 25 de Junho de 2011

Muitos duvidaram quando o roteirista anunciou que poria a “aranha” do Spider-Man na praça.
A mega produção mostra a transa entre o herói e um de seus paqueras, o Duende Verde. E desta vez, para a glória (ou não) dos que tinham dúvida, o aracnídeo não faz cu doce para o bem-dotado anãozinho.
"Enquanto filmava essas cenas eu chorei feito Madalena", revelou o ator em entrevista ao Sui Generis. "Cheguei para minha iludida cara-metade e disse que estava muito envergonhado, pois chorei debaixo do Duende por aproximadamente 45 minutos. Já fiz muitas coisas em minha vida e não chorei, e choro justo com esse nanico!"
Orgulhoso de seu enredo, o roteirista revelou que a transa do herói só foi possível porque Hollywood permite esse tipo de abordagem – como no filme do Wolverine, em que este foi pego e enrabado pelo Hulk. “Foi a partir daí que o Hulk ganhou o epíteto de ‘O Incrível’!” – disse entusiasmado.
"Me ocorreu que se Peter morresse sem assumir que era “tia”, ele poderia se tornar um ícone mau exemplo para os incubados, o que garantiria a continuidade das hipocrisias" - explicou o roteirista – Agora, fãs do herói terão de aprender a conviver com a perda do pudor do aracnídeo.
publicado por Assi Sales às 07:15

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...