o humor e as notícias mais sacanas da web
Sábado, 14 de Janeiro de 2012

Um grupo de cientistas da City University (Nova York), sem ter ideia melhor para aplicar as verbas que o Governo destina a pesquisas, operou galinhas para fazê-las pensar que são codornas.


A equipe do professor Evan Balaban descobriu as partes das codornas que são responsáveis pelos seus procedimentos sexuais e implantou no cérebro de galinhas que ainda estavam por nascer, dentro de ovos. Ao nascerem, os animais preferiam seguir codornas em vez da própria mãe, uma galinha pelancuda que, não se enxergando, vivia se gabando que ‘galinha velha é que dá bom caldo’.


Anteriormente, o grupo já tinha feito uma experiência parecida, implantando liquens de ovos de codorna nos de galinha, o que resultou numa ninhada de pintinhos duros. Os animais foram mortos 14 dias depois do experimento, após enrabarem todas as cobaias do laboratório e de porem o mascote da equipe – um papagaio - no pau de arara.

- Isso nos ensinou como o cérebro 'produz' o comportamento dos seres - disse Balaban – pelo que estamos cogitando aplicar este procedimento nas franguinhas mocinhas de família de hoje em dia.

publicado por Assi Sales às 03:00

Sábado, 07 de Janeiro de 2012

Muito em breve o Brasil terá a sua primeira fábrica de moscas. O anúncio foi feito por um biólogo cientista louco durante a 53ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência Tupiniquim. O Seth Brundie do pobres revelou que a fábrica produzirá entre 50 e 60 milhões de moscas macho chauvinistas por semana.

 

Os insetos serão usados no combate à insaciabilidade sexual da mosca do Nordeste brasileiro. Os machos produzidos no Brasil serão borrifados com perfume da Avon e soltos para que cruzem com fêmeas. Dessa forma, as fêmeas ficarão cheias de nojo dos machos e só cruzarão com moscas lésbicas, o que impedirá a reprodução.

publicado por Assi Sales às 03:00

Domingo, 06 de Novembro de 2011

O IgNobel com o impacto cósmico mais significativo foi o de Astrofísica, vencido pelos pastores evangélicos e apresentadores de televisão Rexella e Jack van Impe, de Michigan (EUA).

 

Eles descobriram que os buracos negros possuem todos os requisitos técnicos para serem caracterizados como a localização do Inferno.

 

O Prêmio IgNobel (www.ignobel.com) é conferido todo ano a pesquisas que "não podem e não devem ser reproduzidas".

publicado por Assi Sales às 03:00


Buck Weimer, de Pueblo, Colorado (EUA), ficou com o IgNobel de Biologia, por criar uma cueca que elimina o odor de flatulências.

 

 

Ele diz que a idéia lhe passou pela cabeça quando estava deitado em sua cama com a mulher. "O gás sobe até o seu nariz  porque está preso pelas cobertas", afirma o cheira-peido.

 

Decidiu aplicar o mesmo princípio para aprisionar o peido numa cueca bem apertada e então passá-lo por um filtro desodorizador feito de camadas de feltro e carvão vegetal.

 

Ele e sua mulher começaram a vender o inovador produto, no site comercial do casal (www.under-tec.com).

 

O Prêmio IgNobel (www.ignobel.com) é conferido todo ano a pesquisas que "não podem e não devem ser reproduzidas".

publicado por Assi Sales às 03:00

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...