o humor e as notícias mais sacanas da web
Quinta-feira, 12 de Julho de 2012

Assalto à mão armada já é comum na Ilha do Amor Terror Humor. Mas não é que um tal Jonathan Chagas, vulgo “Dentinho”, inventou uma nova maneira de praticar assaltos!


De acordo com a polícia, o bicho solto estava escondido num matagal e, ao ver a vítima caminhando sozinha pela estrada a fora, sacou um vibrador de 28 cm da calça e o colocou atrás da pobrezinha, anunciando o assalto.

 

 

Bastante assustada excitada com a sugestiva arma, ela acabou entregando o ouro a bolsa ao bandido, que, por azar, era tudo o que ele queria. Decepcionada, vendo “Dentinho” fugir em disparada, chamou a Ronda Comunitária, que, por incrível que pareça, conseguiu prender o meliante e o levar para o xadrez, onde foi autuado por roubo e atentado violento ao pudorprestígio dos meliantes.

 

publicado por Assi Sales às 03:00

Terça-feira, 22 de Maio de 2012

Segundo reportagem do jornal inglês "Dailhy Mall", no Reino Unido, um trouxa enfiou-se numa cueca para assaltar  uma loja de conveniência.

 

O ladrão colhão foi filmado pelas câmeras de segurança da loja, e, apesar do ridículo disfarce (veja vídeo), foi identificado como sendo Tazviona Bhebe (que se não bebe, parece). Ele foi reconhecido por vizinhos bisbilhoteiros, pois, não bastasse escolher uma loja perto de sua casa para roubar, o babaca usou uma cueca velha encardida que costuma estender num varal em frente à sua residência.

publicado por Assi Sales às 03:00

Terça-feira, 13 de Março de 2012

 

Cidadãos Cruzados armados invadiram a mansão da prefeita de Sant'anta do Ipanema, Renitilde Bilhões Bulhões, e renderam, além da larápia, seu marido o primeiro-damo, um vereador sequaz e mais três pessoas cúmplices, levando celulares, jóias e todo o dinheiro sujo que estava na bolsa e no sutiã da chefa do executivo bando e nas cuecas e meias dos seus asseclas. A Polícia ainda não tem pistas dos criminosos Robins Hoods.


Segundo a entusiasmada platéia, os justiceiros estacionaram um carro na frente da mansão da prefeita corrupta, entraram no covil e anunciaram o assalto a desforra. Após perceberem que os ladrões “rivais” tinham ido embora, os ratos conseguiram sair das tocas e acionar a polícia quadrilha.

publicado por Assi Sales às 05:30

Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2012

Um cara foi torturado por dois outros dentro de um bar da Zona Norte do Rio. A Polícia flagrou a dupla no momento em que um deles ameaçava incendiar meter o pavio na vítima, que foi obrigada a ficar nua e teve o candeeiro untado com álcool xixi etílico.

A vítima disse que se preparava para “fechar” no bar, onde dá shows há 25 anos, quando foi assediada pelos vândalos fãs, um deles com a pistola armada. Mesmo sem esboçar reação, ele disse ter levado uma "prensa" de Nilson Jean, um taxi-boy de 22 anos que mora na favela do Jardim América, e do parceiro dele, Luiz Henrique, outro michê do bairro.

‘Eles queriam mais dinheiro, mas quando eu disse que não valiam mais que R$ 1,99 cada, ameaçaram não ir mais à minha casa. Fiquei apavorado’ -  desabafou a vítima.


Os policiais foram avisados do assalto por um X-9. Três patrulhas com 12 PMs cercaram o local para evitar fumo nos fundos. Presos, os garotões foram tachados de desqualificados. Caso fique configurada a tentativa de HOMOcídio, a retaliação punição pode ser botar fogo em suas tochas.

publicado por Assi Sales às 03:00

Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

 

 Rio - Um bandido terminou ficando nuzinho com uma mão na frente e outra atrás após uma frustrada tentativa de assalto que empreendeu na Zona Sul do Rio. Suburbano Morador do Vidigal, Ricardo Pereira, negão, espadaúdo, de 28 anos, mais conhecido nas rodas como ‘Ricardão’,  teve suas roupas arrancadas a unhas e dentes por um grupo de dez motociclistas gays do qual tentara roubar uma bitoca. Totalmente nu, o crioulão ainda teve a barra de ferro fincada num buraco da calçada até a providencial chegada da polícia.

Segundo um membro mais versátil do grupo, que seguiria viagem para Teresópolis porque lá é mais fresco, a ação de despir o bofe negão meliante foi apenas para se certificar se o bacamarte dele não estaria armado e, também, que o engraçadinho  não tentaria dar a eles, como a maioria dos bofes de hoje em dia está fazendo. ‘Ricardão’ permaneceu deitado de bruços no chão, de cu trancado, por cerca de 40 minutos, na Avenida Pasteur. Enquanto isso, curiosos simpatizantes tiravam fotos o seu couro e riam do tripé do pobre.

O idiota politicamente correto delegado-adjunto, que atende pelo oportuníssimo nome de Furtado, repudiou a ação dos cidadãos de bem e iniciou investigação do caso. “O Estado e o particular têm o dever de  preservar os direitos fundamentais de qualquer pessoa, especialmente os  de um bandido. Uma coisa é tirar a roupa e a dar ao assaltante, outra é deixar o pobrezinho nu no meio da rua”, disse o delegado defensor dos direitos dos fora da lei, acrescentando que os envolvidos contribuintes que pagam o seu salário podem ser condenados a uma pena de três meses a um ano de detenção: “Se ficar comprovado que eles agiram com a intenção de submeter o pobre bandido à humilhação pública, podem ser indiciados pelo crime de constrangimento ilegal”.

 

‘Ricardão’ dominado pela polícia

A polícia investiga a informação de testemunhas de que dois bombeiros do  Grupamento situado próximo ao local da ocorrência teriam ajudado a tirar as roupas do assaltante e queriam atochá-lo com as mangueiras; no entanto, com a chegada da polícia, teriam se retirado à sorrelfa.

No momento do assalto, o bandido estava com um “amiguinho”, que fugiu indignado quando ele se engraçou com o grupo. Os motociclistas gays conseguiram agarrar Ricardo porque ele achou que eles não resistissem ao seu charme. O assaltante e o cúmplice namorado são suspeitos de pertencer a uma facção que rouba ósculos na Zona Sul. O preso foi reconhecido na delegacia pela vítima de um assédio ocorrido no Leme minutos antes da performance de strip-tease à qual fora submetido. Com Ricardo, havia três batons e R$ 900.

publicado por Assi Sales às 08:30

Sábado, 10 de Dezembro de 2011

Nos EUA, um tal de Victor Santos, dando mostras de ser um autêntico santo de pau oco, roubou um banco e, certamente preocupado com a crise econômica mundial, aplicou o dinheiro no pau (no dele próprio, é claro!). Como ele fez isso? Amarrando-o em sua genitália, ora bolas!


Victor entrou no banco e entregou ao caixa um bilhete que mais parecia redação de aluno de escola pública, no qual exigia que ele lhe desse (o dinheiro). Com o cu na mão, o funcionário fez tudo direitinho e o larápio deu no pé. Detido pela polícia, que o encontrou escondido fingindo cagar em um beco perto do banco, ele se queixou de tonturas e foi levado para o hospital.


No pronto-socorro, vendo que as enfermeiras estavam babando por causa do volume em suas calças, Santos confessou o roubo e disse que tinha escondido o dinheiro amarrando-o a seu mangará. Foi levado para a cadeia, onde vai findar descobrindo com os demais detentos que o que chamam de “cofrinho” fica mais embaixo.

publicado por Assi Sales às 04:41

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...