o humor e as notícias mais sacanas da web
Domingo, 27 de Novembro de 2011

 

O comitê de sem ética da polícia de Drags Queensland, na Austrália, está investigando tentando tapar com peneira uma denúncia sobre dois homens que teriam saído pelados de dentro de um carro da polícia e corrido em torno de um ônibus que estava parado num sinal.


Em coletiva à imprensa, o vice-comissário e o que quer que lhe apareça à frente disse que tudo indica que cinco ou seis policiais estariam metidos no caso pique-e-esconde, inclusive um sargento. ‘Isso é incompreensível! Se fosse um cabo, eu até entenderia!’ – declarou o vice-comissário. Segundo a polícia, os incidentes de nudez policial com o pau de fora teriam se repetido em diversos semáforos na cidade.

 

A denúncia partiu de uma mulher que presenciou um dos incidentes e estranhou o “fardamento”. Quando as autoridades conferiram a placa do carro e a descrição das partes íntimas dos caras, constatou-se que se tratava de um veículo policial e de integrantes do esquadrão especializado em explosivos e negociações para a libertação de reféns, o que explica a “bomba” que fizeram soltando a franga em via pública participando da despedida de solteiro de um coleguinha que “quebrava o galho” de toda a corporação.


O caso acontece em um período difícil para a polícia australiana, que nos últimos meses esteve envolvida em uma série de escândalos sexuais. Assim, os policiais podem ser indiciados por desordem e correm risco de serem chamados na chincha por causa da vexatória exposição das suas partes pudendas, que, em alguns, são verdadeiros atentados ao pudor.

publicado por Assi Sales às 02:20

Sábado, 05 de Novembro de 2011

Os policiais estão aí para proteger e servir aos cidadãos uns aos outros. Tanto é verdade que certa meganha da África do Sul tem por hábito “servir” aos coleguinhas que queiram comê-la à chinesa (com pauzinhos).

E à sanha da meganha nem hospital escapa! Mesmo a missão dela e de um seu parceiro sendo apenas conduzir e vigiar um presidiário que careceu fazer exames depois de levar pau no lombo (no sentido denotativo), os dois “servidores” também quiseram brincar de médico, já que brincar de mocinho e bandido estava um tremendo saco.

Foi o próprio milico quem gravou o ato e colocou na internet, embora negue de mãos postas e pernas arreganhadas.

publicado por Assi Sales às 10:00

Quinta-feira, 27 de Outubro de 2011

Três PMs bolivianos foram presos sob a acusação de obrigar (como se isso fora necessário!) jovens à prática de todo tipo de sexo, para gravá-los com celular e inscrevê-los no hediondo quadro - Famosos da Internet - de um programinha fuleiro duma deplorável rede de TV tupiniquim.


Os agentes eram responsáveis pela segurança do parque onde bancavam os cineastas fora do horário de serviço. O local, conhecido como "Bosquezinho de Pura Pura", é uma das maiores áreas de lazer pegação de La Paz.


A imprensa local, não fugindo à conhecidíssima conta de mentiroso, alardeia que seriam sete os envolvidos no caso. Os vídeos -alguns dos quais chegaram a ser exibidos com grande sucesso na TV- mostram que os policiais “convenciam” as moças e rapazes a deixá-los gravar suas sacanagens sob promessa de meter-lhes os cassetetes no rabo. O caso veio à tona depois que uma vítima protagonista frustrada identificou os “cineastas”.


Segundo o tablóide "La Razón", em um dos vídeos uma vítima recebe a ordem de abaixar as calças e reage com a pergunta "que tipo de pessoas são vocês?". "Não somos pessoas, somos policiais", responde um dos Fellini-de-meia-tijela.


Citada pelo mesmo pasquim, a Justiça informa que os soldadinhos se dizem inocentes uns anjos de candura.

publicado por Assi Sales às 10:00

Sábado, 15 de Outubro de 2011

O policial Robert W. McDonough III, suando feito um porco porque o sistema de refrigeração da loja Sears fora desligado quando ele fazia compras, abriu o zíper da calça e saiu exibindo o seu “Smith & Ross” sem coldre para outros clientes.


Certos funcionários da loja alegaram que o PM estava sem cueca e que haviam sido destratados ao se ofereceram para fechar o zíper aberto. A coisa estava tão exposta que eles descreveram minuciosa e detalhadamente o “trabuco” do McDonough.


McDonough foi condenado a dois anos de liberdade condicional (menos no tocante ao “equipamento”, que a justiça determinou que fosse enclausurado em cuecas) e a pagar uma multa de US$ 250 (US$ 10 por centímetro).

 

 

publicado por Assi Sales às 05:18

Terça-feira, 09 de Agosto de 2011

Agentes da patrulha cearense zombeteiramente apelidada de 'Ronda do Quarteirão' foram flagrados em explícitas cenas de sexo diante das câmeras internas da viatura.

...
A patrulha ganhou esse poético apelido porque o delegado, como quem tem mãe na zona, toca e força os meganhas a ouvirem durante todo o plantão a música ‘Ronda’*, do Paulo Vanzolini, o que findou despertando a libido dos caras.

...

Vocês podem até nem acreditar, mas os brutos também amam! Isso já deu até filme.

A corregedoria da polícia cearense, de queixo caído, abriu sindicância para apurar nas imagens o que as “Iracemas” estavam fazendo.


Ronda

Composição: Paulo Vanzolini

De noite, eu rondo a cidade,
a te procurar, sem encontrar.
No meio de olhares, espio
por todos os bares, você não está.
Volto prá casa abatida,
desencantada da vida,
o sonho alegria me dá...

 

publicado por Assi Sales às 09:16

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...