o humor e as notícias mais sacanas da web
Quarta-feira, 11 de Abril de 2012

No Brasil, uma indústria "gospel" está produzindo filmes pornô cristão (ou filmes pornô gospel) para “educação” do povo de Deus. Segundo os organizadores da indústria do puteiro, os seus filmes são fundamentados no "maior respeito", tendo como regras básicas:


# Retratar relações sexuais somente de casais matrimonialmente ligados. Em uma produção pornô cristã os atores devem ser marido e mulher, dentro e fora da tela, e só devem trepar com seus cônjuges.


# Retratar o sexo dentro de contexto de um casamento cristão. Isto pode ser feito alternando cenas de, por exemplo, um jovem orando ou realizando funções na Igreja com outras cenas de um casal cristão fazendo sexo o diabo.


# Não ter obscenidades. Embora exclamações de prazer um ‘ai Jesus!’ e um ‘Virgem Maria!’ sejam aceitáveis, já que são naturais no ato sexual dos muito carolas, o cristianismo pornô não deve conter obscenidades clamar o nome de Deus em vão, mas apenas na hora do orgasmo. Os participantes deverão abordar uns aos outros com amor e respeito em todas as ocasiões. Exemplo:

- Querida, por favor, vire de bruços e, por obséquio, dê licença que agora eu quero queimar sua rosquinha.

- Pois não, amor. Mas, por gentileza, vá devagar que o pastor me deixou toda ardida!


# Não deve haver sexo extraconjugal, exceto se ilustrativamente. Os casais nunca devem ter relações adúlteras, a menos que seja para demonstrar que eles e seus parceiros sofrem e são punidos pelos seus pecados.


Além disso, o ‘cristianismo pornô’ mostra diversas práticas tidas como pecaminosas, como sodomia, ménage a trois, sadomasoquismo, fisting e outras como sendo dádivas de Deus às nossas vidas.

Como é que estrupícios que se dizem cristãos promovem este tipo de conteúdo! É claro que isto vai contra os princípios de Jesus, que morreu sem nunca ter dado “umazinha”. Tome muito cuidado com o que você vê, ouve e usa só por ter um selo "gospel". Por falar nisso, já se está comercializando até brinquedinhos sexuais gospel! Que tal um vibrador ou plug anal em formato de cruz, com Cristo e tudo? Cabe a cada “devoto” ficar ou não de quatro diante dessas táticas “religiosas” depravadas.

 

Não se curve à vara dos pastores que, metendo-a em suas ovelhas, já estupraram muito cordeiro e muita cabrita no Mundo todo!

 

publicado por Assi Sales às 05:30