kkkk E eu que pensei conhecer todos os bispos da IURD, ainda tinha por conhecer esse tal Pançudo? E que jaca proeminente, não?! Parece um barril de chop. Mas convenhamos: ele tem razão. O "Cérebro", digo, o rato, não, digo, Edir Macedo (ando sempre a confundir essa criatura com o rato da Felicia) em seu laboratório da fé - a IURD - convencia mundos e fundos da necessidade de se ter um canal de tv para expandir a evangelização exorcista que comissionava, e quando o povo arcou com o cobre(a moeda), ele comprou a Record. Entre veicular o evangelho e azarar a Globo ele se viu tentado a "guerrear contra a carne", com mil demônios, nas esfera infernais da audiência nacional. Deu no que deu, ele falou tanto do esgoto de putrefações morais que nutria a programação da Globo que resolveu, ele mesmo, tomar a goles generosos o grosso caldo degradante que engorda a miséria brasileira (dai talvez venha a pança do bispo Pançudo).

Ah, ainda falando do Pançudo, não é ele aquele que já criou calos na língua, que já tem estrias nas cordas vocais e que já acumulou uma LE (lesão por esforço repetitivo) de tanto segurar o microfone, instrumento com que propala "poder divino"? E por que não lança um raio celeste sobre a torre transmissora da orgia? Ah, bom!
Tarcicio Andrade a 8 de Agosto de 2011 às 12:34