o humor e as notícias mais sacanas da web
Sábado, 11 de Agosto de 2012

Jesus voltou à Terra e, não tendo verba para um showmício, subiu num banquinho e esperou que os seus discípulos se aproximassem.
Precedendo ao EJA, Ele fingia que os ensinava e estes fingiam que aprendiam, pois para transmitir o arremedo de lição aos ignorantes não carecia ser vocacionado ou ter capacidade.
À custa de ameaçar sustar os benefícios e o lanchinho, que eram os únicos interesses daquela récua, fez que se aquietassem e disse-lhes:
- Em “verdade” vos digo: Felizes os que são pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Felizes os misericordiosos, porque eles…
- Mestre... Vamos ter que saber isso daí de cor? - Interrompeu-o Pedro.
- É pra copiar? – André apartou, morrendo de preguiça.
- Esqueci meu pergaminho... – desculpou-se Filipe, bocejando.
- Vai cair na prova? - inquiriu Bartolomeu
- Posso ir ao banheiro? – clamou João.
- O que é que a gente vai ganhar com isso? - resmungou Judas Iscariotes.
Ao que Judas Tadeu rebateu:
- Foi o outro Judas que perguntou! Mas, a propósito, cadê o lanche?
- E quem garante que isso tá certo? – questionou Tomé.
- Vai valer nota? - indagou Tiago Maior.
Tiago Menor reclamou:
- Não ouvi nada, com esse grandão na minha frente.
Simão Zelote berrou, irrequieto:
- Mas porque é que não dá logo a resposta e pronto!?
Mateus queixou-se:
- Eu não entendi nada, ninguém entendeu nada!
Um dos fariseus (equivalente a um hodierno integrante do Ministério da Educação), que nunca tinha estado diante de um docente nem ensinado nada a jegue algum, tomou a palavra e dirigiu-se ao Mestre:
- Isso aí é uma aula? Onde está o seu plano de curso e a avaliação diagnóstica? Quais são os objetivos gerais e específicos? Quais são as suas estratégias para recuperação dos conhecimentos prévios? E ainda reclama do salário!
Caifás emendou:
- Fez uma programação que inclua os temas transversais e atividades integradoras com outras disciplinas? E os espaços para incluir os parâmetros curriculares gerais? Elaborou os conteúdos conceituais, processuais e atitudinais? Certamente não, mas fazer greve...
E Pilatos, lá no fundão:
- Quero ver as avaliações da primeira, segunda e terceira etapas e reservo-me o direito de, ao final, aumentar as notas dos seus discípulos para que se cumpram as promessas do Lula Imperador de um ensino de qualidade. Nem pensar em números e estatísticas que coloquem em dúvida a eficácia do nosso projeto. E vê lá se não vai reprovar alguém!
E, foi nesse momento que o Mestre disse:
“Senhor, por que me abandonastes...?”  “Assim não tem cu Cristo que agüente!”

publicado por Assi Sales às 05:30

Sábado, 31 de Março de 2012

 

 

31 de março . Aniversário do Golpe Militar – 1964


Adoro remexer latrinas coisas de política e de religião. Sempre dão muita merda e nunca levam a porra alguma. E a isso daqui eu não resisti.


Desde o “descobrimento” do Brasil jamais se teve notícia de tantos escândalos de CORRUPÇÃO e ROUBOS. E onde está a porra da Receita Federal?


Vejamos:
Os Generais presidentes… Erros foram praticados durante o regime militar. Mas uma evidência salta aos olhos.


Quando Castelo Branco morreu num desastre de avião, verificaram os herdeiros que seu patrimônio limitava-se a um apartamento em Ipanema e umas poucas ações de empresas públicas e privadas.


Costa e Silva, acometido por um derrame cerebral, recebeu de favor o privilégio de permanecer até o desenlace no palácio das Laranjeiras, deixando para a viúva a pensão de marechal e um apartamento em construção, em Copacabana.


Garrastazu Médici dispunha, como herança de família, de uma fazenda de gado em Bagé, mas quando adoeceu, precisou ser tratado no Hospital da Aeronáutica, no Galeão.


Ernesto Geisel, antes de assumir a presidência da República, comprou o Sítio dos Cinamonos, em Teresópolis, que a filha vendeu para poder manter-se no apartamento de três quartos e sala, no Rio.


João Figueiredo, depois de deixar o poder, não agüentou as despesas do Sítio do Dragão, em Petrópolis, vendendo primeiro os cavalos e depois a propriedade. Sua viúva, recentemente falecida, deixou um apartamento em São Conrado que os filhos agora colocaram à venda, ao que parece em estado lamentável de conservação.


Não se pode negar que os 5 GENERAIS-PRESIDENTES cometeram erros, mas não enriqueceram nem receberam benesses de empreiteiras beneficiadas durante seus governos. Sequer criaram institutos destinados a preservar seus documentos ou agenciar contratos para consultorias e palestras regiamente remuneradas. Bem diferente dos tempos atuais, em que o Brasil está nas mãos dos que lutaram encarniçadamente pela Democracia pelo Poder, não é?


Então vejamos...


LULA, o sebento falastrão, segundo a famosa revista americana FORBES (revista de economia e finanças, mais conhecida por suas listas, como a lista das pessoas mais ricas do mundo), o PATRIMÕNIO dele já chega a 2 BILHÕES de DÓLARES, aproximadamente 3 BILHÕES e DUZENTOS MILHÕES de REAIS.


Já o LULINHA, filho do LULA, que até pouco tempo atrás era réptil funcionário do Butantã/SP, com um salário de R$ 1.200,00, recebeu, sem nenhuma justificativa, um presente da TELEMAR no valor de 5 milhões de Reais e hoje é proprietário de uma fazenda cinematográfica em Araraquara, adquirida por 47 milhões de Reais, comprada a vista.


Este jovem promissor, com toda essa capacidade demonstrada, já deveria ser o Ministro da Fazenda da DILMA!


Centenas de outros políticos também trilharam e trilham esse mesmo caminho. Se fosse aberto um processo de avaliação dos bens de todos os políticos, provavelmente 95% deveriam estar na cadeia, com os seus bens confiscados.

Mas brasileiro é tão “bonzinho”!

 

 

publicado por Assi Sales às 05:30

Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2012

Acabo de voltar do carnaval, onde fiz uma triste constatação: tá dominado, tá tudo dominado!!!

Só dá funk! O "neo forró" tenta uma reação, mas suas letras não são cafajestes o suficiente e não trazem a "alegria compulsória" de que o brasileiro tanto gosta.
Aí não dá, né, pô?! Como é que o cara quer fazer sucesso sem tratar mulher como lixo?!

O "Tigrão", a mente por trás do "movimento", deu uma elucidativa entrevista pra revista VIP, onde diz: “... As pessoas gostam desse erotismo. Mas, se você analisar, as letras nem são tão pesadas. Elas têm duplo sentido, até porque o público infantil ouve funk".

Muitas coisas interessantes nessas sentenças! Então vamos por partes:

“... se você analisar, as letras nem são tão pesadas”
Eu analisei e ele está certo. Quem, em sã consciência, poderia achar pesada a letra do funk "Máquina de Sexo", que diz:
"Máquina de sexo, eu transo igual a um animal/A Chatuba de Mesquita do bonde do sexo anal/Chatuba come cu e depois come xereca/Ranca cabaço, é o bonde dos careca"?
Note-se a leveza de termos como "sexo anal", "cu", "xereca" (!) e "cabaço".

“Elas têm duplo sentido...”
Procurei e não achei o duplo sentido no funk "Barraco III":
"Me chama de cachorra, que eu faço au-au/Me chama de gatinha, que eu faço miau/Goza na cara, goza na boca/goza onde quiser".
Ah, agora entendi! "Goza na cara" é porque o cara ficava tirando sarro da menina pelas costas. Aí ela diz "Goza na cara!". Que coisa...
“... até porque o público infantil ouve funk”
Eis uma verdade e a preocupação do "Tigrão" se justifica. Foi pensando nas crianças que o garoto Jonathan, de 7 anos (ele mal tem coordenação motora para reproduzir a coreografia) foi incentivado a gravar o funk "Jonathan II", de edificante letra:
"De segunda a sexta, esporro na escola/Sábado e domingo, eu solto pipa e jogo bola/Mas eu já estou crescendo com muita emoção/E eu já vou pegar um filé com popozão". 7 anos! 7 anos!!!

 

Pô, foi mal...A culpa é minha, que não entendo. Então, vamos repetir o discurso de dez em cada dez apresentadores de programas de TV:
"A malícia está na cabeça do adulto, a criança só quer se divertir. Onde já se viu, se preocupar com uma coisa dessas. Das crianças que passam fome na rua ninguém fala nada...". Aplausos entusiasmados e urros de apoio, por parte do auditório.
Detalhe sem importância: os funks da moda não passam nem perto dessa questão. Mas isso é um problema do governo, a gente não tem nada com isso, não é mesmo? Ao invés disso, vamos dar risada e incentivar o moleque de 7 anos (!!!) a "pegar um filé com popozão".


Enquanto a gente ri, a molecada vai crescendo com a certeza de que mulher não passa de uma bunda e um par de peitos siliconados, que gosta de ser chamada de cachorra e que acha que só um tapinha não dói. Depois a gente não entende o motivo do aumento dos índices de violência contra a mulher e porque ela é tão desrespeitada na sociedade. Será que não é óbvio?

Cadela mulher, levante-se e lute! Não seja uma cachorra! Exija respeito! Deponham as Xuxas, Carlas Perez, Feiticeiras, Tiazinhas e Vanessinhas Pikachu de seus reinados de miséria intelectual!


"Todo crime é vulgar, assim como toda vulgaridade é criminosa." (Oscar Wilde)

publicado por Assi Sales às 10:00

Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2012

Todos os dias, a televisão despeja nas casas dos desavisados uma enxurrada de lixo disfarçado de entretenimento. Dentre as muitas merdas propagadas, destacando-se pelo acinte à decência, está o Big Brother Brasil, a cloaca máxima da Globo, que tem por conteúdo principal:
# Promoção da promiscuidade e exploração da sexualidade.
# Exposição da mulher como mero objeto sexual.
# Incentivo descarado às perversões e práticas ignóbeis.

Quem é o alvo? Seus filhos. Sua família! E milhões de reais são gastos para essa coisa sórdida ir ao ar. Alguém faz ideia de quanto cada empresa paga para fazer propaganda naquele prostíbulo? Algo em torno de 16 milhões de reais. Além disso, há o lucro com os telefonemas, que é dividido entre a rede Globo e a operadora. Apenas um paredão paga o programa inteiro!

É, de longe, o programa puteiro mais lucrativo da televisão brasileira. É também o mais pernicioso às crianças, aos jovens e a certos “adultos” estultos cujo maior sonho é se tornar participante daquela "coisas", não importa de qual ínfima forma. E os produtos dos patrocinadores dessa safadeza estão nas ruas, nas nossas casas, sendo utilizados por nós todos! Indiretamente, estamos reforçando o poder destas corporações depravadas.

Vamos cruzar os braços perante esse marketing amoral?

Diga não ao BBB!

publicado por Assi Sales às 08:35

Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012

Em Wolfsburg (Alemanha), ao contrário de muitas pretensas “celebridades” quando aparece algum paparazzo, ao exibir a crista caída, tapando os olhos, dando a sensação que não queria ser fotografada, uma galinha mostrou ter muito mais bom senso e pudor que a maioria das estrelas soi-disant dos realities shows e do mundo “artístico” desse brasilzinho de gente estúpida e alienada que idolatra o que é vulgar, se deleita com dancinhas ridículas, com musiquinhas panacas (quais a do Michel Teló) e se envolve de corpo e alma (de mente não, porque esta é vazia) nas babaquices dos “heróis” (segundo o Pedro Bial) do BBB e dos quadrúpedes d’A Fazenda, enquanto os poderosos deitam e rolam e a merda corre solta por todo o país.

publicado por Assi Sales às 03:00

Terça-feira, 22 de Novembro de 2011

O Governo Federal, ou melhor, o DESGOVERNO Federal dessa nação de povo sem noção, no afã de encher as burras, os bolsos e as cuecas, meias e soutiens dos seus asseclas, vive dando tratos à bola para criar mais impostos pra socar no fiofó folote dos contribuintes.


Ora, seus salafrários de uma figa! Não carece criar mais impostos. Não carece nem mesmo de capacidade administrativa para gerir o que já se arrecada. Basta acabar com a corrupção e a roubalheira que vai sobrar dinheiro!

 

publicado por Assi Sales às 11:37

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...