o humor e as notícias mais sacanas da web
Terça-feira, 05 de Junho de 2012

 

 

Uma funcionária pública do meu município faz a sua primeira viagem a São Paulo, a fim de participar de um evento. À noite, sozinha e com uma sensação de liberdade igual a de uma galinha que foge do galinheiro, decidiu chamar uma dessas "empresas de acompanhantes" que existem aos montes nas grandes cidades. Mais rápido que o tinhoso esfrega o olho, descobriu uma que oferecia serviço masculino e discou o número catalogado.
- Alô! - atendeu uma voz masculina marcadamente sensual.
- Alô. Eu preciso de uma massagem... Não, espera! Na verdade o que eu quero é SEXO! Uma grande e dura manjuba. Mas tem de ser agora! Tô falando sério! Quero meter a noite inteira! Estou disposta a fazer o diabo, sem reservas. Traga tudo o que tiver de acessórios: algemas, chicotes, consolos, pomadas, vibradores...  Quero ficar a noite inteira dando mais que chuchu de cerca! Vamos começar passando geléia no corpo um do outro, depois quero que você me jogue na parede, me chame de lagartixa... Estou disposta a fazer qualquer coisa e topo todas as posições: frango assado, rã com câimbra, canguru perneta, folhinha-verde, vaca atolada, saquinho de chá, helicóptero... Ou será que você tem alguma idéia mais tesuda? O que tu me diz, véi?!
- Bem, na verdade me parece fantástico. Mas aqui é da portaria do hotel... Para chamadas externas a senhora precisa discar o zero primeiro... 

Enviada por: Cibele Sales – Releitura: o Peste

publicado por Assi Sales às 18:51

linkwithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...